Páginas

14 setembro 2010

Planta-se papel, colhe-se flor

Estou encantada com essa iniciativa da papel semente. Não pude deixar de falar sobre eles aqui no blog, afinal de contas, reciclar faz parte e deve, existir em nossa história do dia-a-dia, porque ser e estar ecologicamente correto é dever de todos.  Papel Semente foi elaborado e desenvolvido artesanalmente pela equipe do Instituto Papel Solidário, no inicio de 2008. tem características de um papel reciclado, mas com uma grande e graciosa vantagem: Possui vida! Como assim? Vocês devem estar perguntando. Pois então, durante o processo de fabricação o papel semente, recebe sementes diversas. Flores e plantas.
Este papel é utilizado para a confecção de brindes, produtos diversos de papelaria ecológicos como: Envelopes, caixas, embalagens, cartão, tags para confecção, olha que luxo! colocar em suas roupas tags que depois a cliente possa colocar para germinar e em breve, surpresa! Uma flor, ou quem sabe um temperinho para colocar naquele prato especial. tem coisa mais charmosa e de bom gosto como essa? Taí, pessoal das confecções e industrias da moda, adotem essa idéia, garanto que vai ser um grande diferencial se seu tag tiver essa possibilidade. É uma solução pós-consumo, ao invés de jogá-lo no lixo, é só molhar e plantar em terra fértil. Luxo!
Além disso, essa ação possibilíta a geração de renda para diversas famílias de comunidades em situação de pobreza.
O papel é comercializado em vários tamanhos, está aprovado para a impressão a jacto de tinta e silk-screen, vem nas cores branco, pardo e reciclato. É um produto 100% ecológico e biodegradável, na sua elaboração não passa por nenhum processo químico e as sementinhas permanecem vivas durante a fabricação e o uso do material. Contém sementes de cravo da índia, boca de leão, tagetes, camomila, erva-doce, salsa, agrião,  mangericão e rúcula.
Essa é uma dica boa pra galera da moda, vem o natal aí, que tal presentear seus clientes com esse mimo e claro, o pessoal do artesanato que com esse papel, as possibilidades são infinitas.
Fonte: Papel Semente e Papel Solidário

Porque beleza vem de dentro


Olhando assim parece shampoo, condicionador, creme corporal...mas não é. Cristina Arcangeli inovou mais uma vez, usando todo seu conhecimento mercadológico do sector de beleza, bem-estar e saúde, e lançou a Beuty`in. Uma empresa diferente de tudo já visto neste ramo, os produtos lançados por ela, os ALIMÉTICOS, cuidam de nossa beleza de dentro pra fora.
São duas linhas de produto: A Beuty Drink e a Beuty Candy, que possuem ingredientes que irão aliar nutrientes e vitaminas que são tão importantes no nosso dia a dia. O Beuty Drink vem em oito opções de sabor, detalhe, não contém conservantes, açúcar e nem sódio. As Beuty candy são balas a base de colágeno, vitaminas, em quatro sabores.

Há! você pode comprar estes produtos no site da beuty in.Vamos experimentar!
Fonte:Beuty in

08 setembro 2010

Esmaltes, a febre continua, vale tudo!


Ultimamente tenho observado que estamos numa total febre por esmaltes. Surge a cada dia novidades sem fim e até grandes grifes, como Yves Saint Laurent, lançou recentemente a colecção Rock Et Baroque, três duo de esmalte super coloridos, isso mesmo, são vendidos o par para formar a francesinha, eu sempre apostei na francesinha colorida, será que dessa vez vai implacar?





Outra grande novidade vem da marca Sancion Angel, são os holográficos. São assim chamados porque eles conseguem ter o brilho das cores do arco íris e eles tem cobertura lisa, não se parece com os glitters, ásperos e craquelados. outra coisa importante e que em sua composição contém uma pasta de alumínio que é  preparada e curada  porque só dessa maneira o efeito irá aparecer.Este pigmento é importado e por isso o preço final desse esmalte é um pouco mais caro. São 12 cores altamente pigmentadas e holográficas e foram batisádos com nomes de personagens femininos marcantes do cinema como: Holly, Barbarella, Luna e Alice, Neytiri, Dorothy, Ariel, Beatrix, Arwen, trinity, Scarlety e Morgana.















 Para quem gosta de sair luminosa na balada, Sancion tem a linha néon,diferente do flúor o néon não tem cor nenhuma. è uma base incolor, que pode ser passada em cima de outros esmaltes e com isso de dia suas unhas ficam coloridas e de noite, guando estão expostas a luz negra, suas unhas vão brilhar. Esses são só alguns exemplos de que hoje pintar as unhas é ser e estar muito fashion. Não esqueça que criatividade e bom gosto caminham juntos. Divirtasse!

02 setembro 2010

Costureira(o), a profissão



Hoje vamos dar continuidade sobre o assunto das profissões relacionadas a moda. Vamos falar sobre costureira(o): o Wikipédia, define da seguinte forma: É o profissional que opera máquinas de costura convencionais(domésticas) e as especiais(industriais) sendo que quando este profissional adquiri muita experiência, ela(e) pode passar a fazer peças piloto(piloteira). É a pessoa encarregada de confeccionar, seja por conta própria(autonômo) ou trabalhando numa confecção, industria ou cooperativa. Há vários segmentos que uma costureira(o) pode actuar: moda masculina, feminina, intima, para cachorros, bolsas e acessórios, decoração, reformas de roupa e customização. Sem contar que depende do nível deste profissional para se observar que ela(e0 pode ter a especialidade de costurar o básico, modinha, alta costura e a alfaiataria.



A história da costura está muito ligada com a própria história da humanidade. Foi encontrado pelos arqueólogos, agulhas primitivas feitas de osso ou marfim, de 30 mil anos atrás, onde usavam para costurar couros e peles de animais. Se encontra registro em objectos de 5 mil a 400 a.C desta profissão, os Sumérios e os Egípcios foram povos que valorizavam muito e contribuíram para o surgimento desta profissão porque eles davam muita importância a vestimenta principalmente por motivos estéticos e de hierarquia social. Mas foram os Persas que confeccionaram  as primeiras peças personalizadas e confortáveis. Já na idade média a qualidade das roupas teve uma evolução substancial e no renascimento se acrescentou o uso de ornamentos, principalmente pedrárias e bordados, fazendo com que a costura se tornasse um empreendimento lucrativo dentro das pequenas cidades.

Com a revolução industrial(Inglaterra), revolução esta que foi feita baseada na produção de tecidos e levou a costura a se padronizar e os burgueses passaram a contratar costureiros para produzirem suas roupas de forma mais exclusiva e levou estes profissionais não só trabalhar de forma particular em pequenos ateliês, oficinas, como nas industrias que pipocavam em todas as regiões. De 1898 a 1910 foi a grande evolução da industria do vestuário, grandes produções, se abriram mais vagas de trabalho para costureiras(os), alfaiates e artesãos.

A costura está sempre nas histórias familiares, quem não tem um familiar que costura ou costurou na família. Costurar está intimamente ligado ao universo feminino. Antigamente as meninas eram preparadas e treinadas a serem grandes donas de casa além de serem exímias costureiras, bordadeiras, cozinheiras. Elas preparavam seus enjovais com todo o espero e sempre auxiliadas pela avó ou a mãe e toda a produção era guardada a espera do grande dia, o casamento e para depois suas obras serem mostradas no novo lar. É lindo, lúdico e feminino.

Hoje esta profissão continua fazendo sua parte, seja em casa, na pequena confecção, na industria...ela perdura e vem sofrendo evoluções e aportes do sector industrial, onde o profissional precisa se actualizar constantemente para que poça fazer uso dos  maquinários que estão constantemente sendo actualizados, sem contar que para ser uma boa costureira(o) precisa também estar por dentro das tendências do mercado da moda. Hoje temos o SENAC e o SENAI  que proporcionam treinamento de muito boa qualidade para estes profissionais.